Do projeto Nação Incógnita

Sejam muito bem-vindos ao blog Nação Incógnita! O objetivo do projeto consiste em consolidar um veículo para divulgação de reflexões, estudos e informações acerca de temas variados, da história e economia à filosofia e cultura, tendo por lastro comum um compromisso crítico com as grandes questões de nosso tempo.

Entendemos que o debate político tem sido profundamente rebaixado por uma série de fatores. Os avanços nas tecnologias de informação, principalmente, proporcionaram imensa democratização de saberes, mas, por outro lado, o cipoal de (des)informações das redes estilhaçou a ideia de verdade em opiniões, crenças, pontos de vista. Depois de serem esvaziados de significado e história, os conceitos estão barateados, ao alcance de todos. Colam como o último hit chiclete que toca em todas as caixas de som e celulares. "Ismos" são usados a torto e a direito como xingamentos, nomeiam todos os males do mundo e explicam tudo. O rigor metódico na busca pela construção de um saber sólido e crítico estiola e o terreno para uma guerra informacional permanente está fertilizado. De fato, já vivemos sob essa guerra.

Desta forma, o projeto Nação Incógnita é imbuído por uma pequena ambição. Pequena, pois, de fato, o que está em nosso poder é muito restrito: promover o debate, o diálogo e estimular a crítica, enfim, ser uma pequena ilha de resistência nessa guerra. Conceitos são ferramentas para se interpretar e compreender a nossa realidade. Entendemos que um reaprendizado radical (entenda-se, pela raiz) do uso dessas ferramentas é necessário. Lembre-se sempre, retomar do zero, do elementar, sim, mas rebaixar o nível e banalizar os conceitos, jamais.

O blog, enfim, contará com publicações dos mais variados gêneros, de ensaios, resenhas críticas, análises e reflexões a poemas, notícias e divulgação de documentos históricos, explorando vários tipos de linguagens, pinturas, fotografias, mapas, áudio e audiovisual, para além de escrita. Acreditamos que entrelaçar conteúdos "técnicos" ou teóricos com os culturais ou rotulados como "entretenimento", possam permitir que pessoas que busquem estes tenham contato com questões mais complexas, sendo levados a compreender e se interessar por assuntos que, de outra maneira, poderiam soar desinteressantes e maçantes. Por fim, o blog também estará articulado a um canal de YouTube, onde lançaremos pequenos cursos sobre temas variados, seguindo a mesma verve de retomada conceitual e explorando assuntos em voga com uma perspectiva crítica.

Esperamos que os caros leitores comentem nas postagens, vídeos e redes sociais, sintam-se à vontade para manifestar suas compreensões, independente de sua orientação política, contanto que haja respeito (lacrações e argumentos ad hominem serão sumariamente ignorados). Queremos deixar claro que não estamos vinculados a partidos políticos e sequer reivindicamos um lado no espectro tradicional esquerda-direita. Somos apenas caçadores de incógnitas. Onde houverem xises, estaremos!